newsletter Diretório da Ótica

subscrever
A
imprimir A A A
Julho 2015

Aparelho oriente invisuais através da língua

A autoridade norte-americana que regula, entre vários produtos, os aparelhos médicos, Food and Drug Administration (FDA), autorizou naquele país o BrainPortV100.

Esta ferramenta consiste numa câmara montada numa par de óculos e um pequeno dispositivo intraoral que contém uma série de eletrodos que o usuário coloca na língua. As imagens são captadas e convertidas em sinais elétricos que criam uma vibração na língua.

Depois da devida formação, os usuários conseguem identificar através dos sinais a posição dos objetos. Tamanho, forma e localização, assim como qualquer movimento, dependendo da emissão da vibração.

A equipa que desenvolveu e testou o BrainPortV100 indica que são necessárias apenas 10 horas para que o cérebro aprenda a trabalhar nestes moldes.


voltar